quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

11 MESES


Todas as vezes que vou escrever, fico por muito tempo pensando, o que escrever?
Esta dúvida, não acontece por não ter vontade de escrever, mas por não conseguir escrever o que de fato sinto.....

Neste tempo que já se passou....que parece uma eternidade, me sinto subindo uma montanha muito alta e sem forças para subi-la ....mas que sempre que a fraqueza parece me vencer, respiro fundo e me agarro em coisas que acredito e continuo.....

Tem momentos que me sinto como um maratonista, que treina, treina....até a exaustão, pois muita gente fala pra mim...."Nossa você esta superando bem!!!"....mas não é questão de fingimento, mas o que me faz aparentar esta superação é o desejo de realmente superar esta dor tão terrível e o treino diário para que esta superação ocorra, mas  em muitos momentos parece que perco a vontade de continuar.....mesmo após um longo período de treinamentos árduos....

Ontem pela manhã, lembrei a última conversa que tive com o Felipe(11/01/12 - 08:30 + ou -), onde ele me ligou e disse que estava com muita fome e que os médicos não queriam dar nada para ele comer.....(pois ele tinha que fazer uma ultrassonografia)...lembro que disse para ele...._ Fê to indo pro hospital, fica calmo que assim que eu chegar aí, vejo com os médicos, para liberarem alguma coisa para você comer....e assim ele se acalmou....
Quando cheguei lá, ele já estava mais calmo.....e esta seria a calmaria da sua partida.....pois foi assim que ele partiu............. 

Enfim hoje o que posso dizer é que :

O cara que pensa em você toda hora
Que conta os segundos se você demora
Que está todo o tempo querendo te ver
Porque já não sabe ficar sem você
O herói esperado por toda mulher
Por você ele encara o perigo
Seu melhor amigo
E no meio da noite te chama
Pra dizer que te ama
Esse cara morreu..........



7 comentários:

  1. Não morreu, Geni! Está vivo e bem. Assim como viva está a sua imensa saudade... O que posso fazer por você é continuar fazendo as minhas preces, pedindo ao Pai que lhe dê serenidade e conforto a cada dia, para conseguir superar essa dor. Faça mesmo um esforço para aguentar, afinal você é tão jovem e tem muita vida pela frente. Que neste Natal você e Amandinha recebam as bênçãos de Jesus, para iniciar um novo ano em paz. Beijos carinhosos, Angela
    http://noticiasdacozinha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Estou aqui como sempre e também não sei achar as palavras cetas para expressar o que penso. Só posso dizer que você é tão jovem!!!! Quantas coisas boas vão passar pela sua vida.... você está no caminho certo. Você luta para superar.Você luta para que as pessoas que a amam não sofram.Eu sei bem que é isso.Continue assim Geni.Parabéns!
    Beijo grande!!!!!Beth

    ResponderExcluir
  3. Ângela e Beth....só posso agradecer a força que vocês sempre me dão, pois as palavras de vocês aquecem meu coração uma super beijo a vocês(grandes amigas).

    ResponderExcluir
  4. Geni, o Felipe de onde estiver olha e vela por vocês. Sei como se sente, essa dor só o tempo vai amenizar. Desejo que neste Natal Jesus renasça em seu coração e que te dê força, paz e luz!!! Um grande abraço!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Geni, perdi meu padastro (que era como um pai pois eu o amo muito) no dia 25/10/2012. No natal fez dois meses. A saudade é grande, choro de vez em quando, mas é incrível como nessas horas eu sinto ele ao meu lado, como se tivesse a dizer, Gi, não chore, eu estou aqui do seu lado! Mesmo assim, eu choro mais ainda, pois sinto falta dele. Eu ainda preciso aceitar, mesmo lendo muito sobre espiritualidade, qdo chega a nossa vez, é difícil. Eu ainda tenho meu pai de sangue que tb amo demais, mas ninguém substitui ninguém. Espero que você consiga transbordar seu coração de alegria, e que de alguma forma possa devagarzinho tirar a tristeza e deixar somente a saudade junto com uma imensa alegria de ter convivido com seu esposo. Feliz natal para vc e sua família.

    ResponderExcluir
  6. Geni Querida.
    Só quem morreu foi a flor que você escolheu para ilustrar seu post.
    Aliás o que o Felipe fez e faz, com seus testemunhos, suas dicas preciosas, nesse blog, foi demonstrar garra e vida, independente da adversidade.
    Dando luz a quem passa pela mesma situação, seja com um parente seja consigo próprio.
    Sinta saudades, chore, mas ria também, e coloque flores vivas para homenageá-lo.
    E cante esse cara é o Felipe.
    Que Honra Tê-lo conhecido!!!!!!!!!!!!!!
    Esse cara não morreu.
    Viva melhor 2013.
    Porque é isso que "esse cara", onde quer que esteja está querendo ver.
    Dê esse presente a ele.
    Flores vivas a vocês.
    Beijos
    Wilma
    www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com



    ResponderExcluir
  7. ola geni lembre-se que a dor da saudade nao é maior que a felicidade de um dia ter tido ele ao seu lado e tenha serteza que esta dor vai amenisar passar nao vai mas vai amenizar.
    tenho carcinoma adenoide cistico descobri faz 7 meses ja operei a lingua e fiz radioterapia mas fiko com muito medo

    ResponderExcluir