quinta-feira, 12 de abril de 2012

3 MESES

Hoje faz 3 meses que deixei de ver o meu Grande Amor, conversando comigo.....As vezes em sonho encontro com ele, as vezes muito bem, as vezes adoentado....

......nesses 3 meses que se passaram, que em momentos...quando paramos pra pensar, 3 meses é pouco....mas ao mesmo tempo olho pra tras e vejo uma longa caminhada...no começo me arrastei, por muito dias,meses....até que encontrei algumas muletas pelo caminho que foram me ajudando....e comecei a erguer a cabeça....uma delas a religião e a outra um acompanhamento de um psicologico....

Enfim, hoje após tres meses, posso dizer que consigo falar com amigos sobre o que ocorreu...e quando converso comigo mesma, consigo aceitar o que aconteceu...sem entrar em desespero e perder o controle, mergulhando assim, em uma enorme tristeza...

Voces podem estar pensando...que otimo já superou a perda do Felipe....mas não é uma superação da perda e sim a superação do sofrimento intenso....o qual não mudava e não mudará a situação que  :                     O FELIPE NÃO VOLTARÁ MAIS AO MEU CONVÍVIO.

A afirmação acima é que, cada vez que eu tentava enfrentar, sofria muito e através do desespero, fugia desta verdade tão terrível...

Hoje consigo conversar com amigos e falar do meu Amor e do quanto fomos felizes e o quanto fico feliz em lembrá-lo....

Através destes dias que passei, já não lembro direito dos dias onde vi o Felipe muito fraco e sofrendo com a doença....pois isto realmente quero esquecer....Mas lembro tanto dELE, feliz, fazendo planos, sonhando junto comigo...vibrando com nossas conquistas, alegre com o sorriso da nossa filha....e sempre disposto ....como na foto que pra mim será eterna....pois esta foto tem uma grande importância pra mim....
Ela é o divisor de águas...ela foi tirada no domingo dia 21/02/2010 - e o Felipe foi operado do tumor da base da lingua no dia 24/02/2010....

É assim que quero lembrar do Felipe pro resto da minha vida....com a serenidade que ele sempre teve....e a qual me fez amá-lo e ser amada por ele como poucas pessoas conseguem nesta vida...

7 comentários:

  1. Olá, Geni, quanto tempo... Bom saber que você vem conseguindo limpar a alma da parte que foi só sofrimento e se lembrar do Felipe pela qualidade da vida que vocês tiveram juntos. É assim que superamos as perdas importantes e temos energia para seguir em frente até o dia do grande reencontro. Que Deus continue amparando você e Amanda. Beijos carinhosos, Angela
    http://noticiasdacozinha.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada Angela pela presença ....isto é tão importante...obrigada...

      Excluir
  2. Geni!
    Lembrei de você.Beijo bem grande.Vamos seguir nossas vidas.
    Beth

    ResponderExcluir
  3. Olá Geni,

    Lembrei-me ontem, o dia todo, desta data. Na verdade, o Fê continua presente em meu pensamento. Tenho evitado falar com vc porque percebi o alto impacto emocional e que somente o tempo seria capaz de serenar a paixão e devolver-lhe a racionalidade fundamental para entender as passagens da vida.
    No último reveillon concentrei, pela primeira vez, todos os pedidos que pudesse fazer ao Criador num só: que ele estendesse a mão sobre o Fê e aliviasse seu sofrimento. A resposta veio rápida, em 12 dias. No Carnaval, voltei à mesma praia de Ubatuba e, distraido, quando nadava, senti uma forte emoção. A presença do Fê veio forte e, ao sair da água, senti algo como dizendo: "Seu pedido foi atendido"!
    Que bom que, aos poucos, você vai superando aqueles momentos dificeis e perpetuando a lembrança do Fê que sempre conhecemos: alegre, cheio de planos, uma criatura de alma limpa e reluzente.
    Todos nós aprendemos muito com a estrada do Fê. Eu mesmo, volto amanhã ao Hospital do Câncer para fazer a terceira doação. A anterior ocorreu dois dias antes da passagem dele.
    Enquanto Deus me der saúde, estarei de volta lá a cada três meses.
    Vamos em frente, reforçar nossos laços porque - por mais redundante que seja lembrar - estamos aqui de passagem. E o Fê foi um belo exemplo sobre como valorizar a vida, ainda que, por decisão divina, para uns a estrada é mais longa e para outros, até por coerência, a passagem é mais breve.
    Grande abraço à Amanda, seus pais, irmãos e toda a familia.

    édison motta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Edison...é dificil realmente esquecer um minuto que seja do Felipe...nesse tempo, como escrevi...fugi para não enfrentar a verdade tão doída...mas enfim...consigo falar do assunto...as vezes ainda me emociono...mas consigo falar dele e lembrar tantas passagens felizes, que acaba me confortando....1 grande abraço...

      Excluir
  4. nos ligar nos momentos bons vividos junto a pessoa amada... não nos faz esquece-las, mais ameniza a dor da perda♥ pois o verdadeiro amor...sobrevive a tudo!

    ResponderExcluir